Sugestões para um estágio produtivo



1 – Gerais

  • Durante a vigência do estágio, seu aproveitamento escolar e assiduidade devem manter-se satisfatórios
  • Evite faltar ao trabalho. Caso haja necessidade, comunique imediatamente seu orientador
  • Seja pontual, trabalhe com dedicação e fique atento ao prazo de execução das tarefas
  • Não receba bolsa auxílio de outra organização, nem mantenha vínculo de emprego com terceiros, enquanto estiver no estagiário remunerado
  • Periodicamente seu desempenho será avaliado pelo supervisor. A avaliação é uma oportunidade para o estagiário manifestar sua opinião a respeito do andamento de suas atividades e suas sugestões para melhorá-las

2 – Sobre a Aparência

  • Asseio e boa aparência são fundamentais para a manutenção de seu estágio
  • Com relação à vestimenta, seja discreto na forma de vestir e analise se a roupa é adequada ao ambiente de trabalho. Não utilize bonés, camisetas de clubes ou eventos, chinelos, shorts e bermudas e assemelhados

3 – Sobre o Comportamento

  • Mantenha sempre bom relacionamento com as pessoas com as quais convive no ambiente de trabalho
  • Procure sempre ser atencioso, receptivo e tolerante para com os colegas de trabalho e para com o público
  • Respeite a individualidade das pessoas
  • Evite que problemas pessoais influenciem no seu ambiente de trabalho
  • Observe sua maneira de falar, utilizando linguajar adequado e evitando palavras grosseiras ou expressões de gíria
  • Evite namoro nas dependências da Empresa e guarde as brincadeiras para depois do expediente
  • Computadores e demais equipamentos da empresa devem ser utilizados exclusivamente para fins profissionais
  • Respeite a reserva com relação a informações e dados que venha a ter acesso, mesmo que não tenham caráter sigiloso
  • No estágio, mantenha os bons costumes e a ética evitando prática de atos que possam caracterizar desvios de conduta
  • Desempenhe, com dedicação e zelo, as atividades designadas pelo seu supervisor do estágio visando obter desempenho satisfatório, nas respectivas avaliações semestrais



Sete erros mais comuns em entrevistas de emprego



1- Chegar atrasado

A displicência com o horário da entrevista passa a impressão de que o candidato não está dando o devido valor à seleção. Sugere também que o candidato seja desorganizado e tenha falta de comprometimento. Além disso, reduz o tempo da conversa, pois os recrutadores costumam ter agenda apertada e reservam um determinado período para a avaliação do candidato.

Como evitar o erro

Programe-se para sair bem cedo de casa e procure se informar sobre o melhor percurso até o local da entrevista. Se tiver carro, verifique se há estacionamento por perto. Se ocorrer algum imprevisto e você perceber que pode se atrasar, ligue de antemão. Especialistas, porém, alertam que ficar esperando na sala de espera por muito tempo pega mal e pode demonstrar ansiedade. Se você se antecipou, vá tomar um café e aproveite esse tempo para ir relaxando, fazer exercícios de respiração e revisar os pontos importantes de sua carreira.

2- Usar roupas que destoam do padrão da empresa

Dependendo da área de atuação, do estilo da empresa e até mesmo do setor para o qual se busca uma vaga, existe uma maneira apropriada de se vestir para uma entrevista de emprego. Tão ruim como ir vestido informalmente a uma instituição financeira é usar um terno para tentar uma vaga em uma agência de publicidade, por exemplo. Também vale ficar atento a pequenos detalhes da produção, como optar por acessórios mais discretos, evitar cores chamativas e não exagerar no perfume nem na maquiagem. Isso sem contar os cuidados básicos de higiene: barba bem feita, unhas arrumadas e cabelos bem aparados.

Como evitar o erro

Informe-se sobre o código de vestimenta da organização. Se você conhecer alguém que trabalhe lá, se aconselhe ou peça para dar uma volta pela empresa, observando os vestuários (com foco no setor para o qual você pretende entrar). Na dúvida, indicam os especialistas, opte pelo esporte fino: mulheres de terninho (combinando casaco e calça) e homens com calça social e camisa ou polo.

3 - Não saber nada sobre a empresa ou o setor para o qual está concorrendo a uma vaga

Para se sair bem na entrevista, é indicado ter informações mais aprofundadas sobre a empresa. Um erro fatal é chegar sem conhecer nada da organização e do seu papel na sociedade. Além disso, não ter informações sobre o setor no qual você poderá ser alocado pode complicar no momento de você explicar de que forma pode colaborar com a empresa.

Como evitar o erro

O primeiro passo é entrar no site da organização e procurar informações institucionais. Procure conhecer a missão, a visão e os valores da empresa. Vale também fazer uma pesquisa em reportagens publicadas recentemente que envolvam os negócios da organização. Se possível, converse com pessoas que trabalham (ou já trabalharam lá) para obter outros dados.

4- Ser informal demais com o entrevistador

É papel do recrutador deixar o candidato à vontade. Para evitar que o nervosismo do profissional atrapalhe a avaliação, o selecionador costuma começar a entrevista falando amenidades e comentando assuntos da atualidade. Nesse momento, alguns candidatos exageram na informalidade, acabam usando linguajar coloquial ou até gírias. Dessa forma, passam uma imagem de imaturidade profissional.

Como evitar o erro

Lembre-se de que, por mais que o recrutador queira deixá-lo à vontade, a entrevista é um momento formal. Segundo os especialistas, a melhor forma de evitar o linguajar informal demais é segurar a ansiedade e responder as perguntas com calma. Alguns dias antes da entrevista, procure perceber seus vícios de linguagem e habitue-se a corrigi-los.

5 - Exagerar sobre suas qualificações

Na tentativa de esconder as suas dificuldades, muitos candidatos "maquiam" o currículo e superestimam suas qualificações. Alguns dizem, por exemplo, que têm inglês fluente quando estão no nível intermediário. Outros creditam apenas a si mesmo ações realizadas em grupos em empresas nas quais trabalhou. Também é comum afirmar que domina determinados programas de informática quando se tem apenas conhecimentos básicos. Ou dizer ter determinada qualificação profissional, quando largou o curso antes de concluí-lo.

Como evitar o erro

Não inclua no currículo nada que você não possa provar. Em algumas entrevistas de seleção, o recrutador procura comprovar essas informações (aplicando provas ou fazendo testes orais de idiomas). Procure ser realista sobre as suas competências, pois o recrutador valoriza mais quem demonstra interesse em aprender do que quem finge ter determinadas habilidades. Lembre-se: o selecionador não busca a pessoa perfeita, mas a que mais se enquadra no perfil buscado pela empresa.

6 - Falar mal do emprego ou do chefe anterior

Por mais que se sinta injustiçado ou desvalorizado no emprego anterior, jamais fale mal da empresa na entrevista de emprego. No mundo corporativo, a discrição é uma das competências mais nobres (pois segredos e detalhes do negócio não podem ultrapassar as paredes da sede). Quando o candidato se mostra impulsivo, além de assumir uma postura antiética, leva o recrutador a pensar que poderá ter a mesma atitude na nova empresa.

Como evitar o erro

Procure ser muito polido e sutil ao se referir aos seus empregos anteriores. Quando perguntado sobre o motivo do desligamento, seja verdadeiro e contorne a situação. Mas esse não é o momento de elencar questões pessoais ou fatos que lhe desagradaram. Dizer que gostaria de ter um crescimento profissional e não vinha tendo essa oportunidade na empresa anterior pode resumir a situação.

7 - Em entrevistas online, atender o entrevistador com trajes informais ou em local inadequado

Não é porque você está em casa que a entrevista será menos formal. Mesmo que sua imagem só apareça da cintura para cima, não faça a entrevista com vestimentas informais (de abrigo, por exemplo) ou aparência desleixada. Outro erro é fazer a entrevista em ambiente escuro ou barulhento, pior ainda se o local estiver bagunçado. A pontualidade também vale nessa hora. É importante estar conectado no horário combinado.

Como evitar o erro

Antes da entrevista, confirme com o entrevistador o e-mail e o adicione antecipadamente. Planeje estar online no horário e certifique-se das boas condições da sua conexão de internet. Avise aos familiares que você estará em entrevista e não poderá ser interrompido. Treine as suas expressões faciais em frente às câmeras.



FONTE: ZERO HORA – Maria Amélia Vargas
-->